Teste do pezinho

Teste do pezinho

Teste do pezinho

O exame de triagem neonatal, também conhecido como teste do pezinho, é obrigatório e gratuito no Brasil desde 1992.

Atualmente, a versão básica do teste, oferecida na rede pública de saúde de todo o país, detecta seis doenças : fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, fibrose cística, anemia falciforme, hiperplasia adrenal congênita e a deficiência de biotinidase.

Uma amostra de sangue do calcanhar do bebê é retirada e enviada para análise. A coleta acontece nessa região devido ao grande fluxo sanguíneo que existe ali.

O sangue, então, é colocado num papel tipo mata-borrão e encaminhado ao laboratório.

O resultado pode demorar até 30 dias.

Pré-natal

Pré-natal

Pré-natal

O acompanhamento pré-natal é uma das maiores provas de amor que uma mãe pode dar ao filho.

Afinal, é através do acompanhamento pré-natal que a mulher pode cuidar de sua saúde e do bem-estar do bebê, evitando diversas doenças e complicações que podem trazer inclusive o parto prematuro e o aborto.

Os cuidados pré-natais têm também um aspecto muito importante, que é o de orientar a futura mãe sobre o que esperar e como agir durante a gestação.

Normalmente as consultas acontecem mensalmente, e a semana depende muito de qual o momento em que você descobriu a gravidez e foi ao médico pela primeira vez.

Fertilização

Fertilização

Fertilização

Quando o casal tem relações no período fértil, os espermatozoides passam pelo colo do útero com a ajuda do muco cervical, “nadando” em direção às tubas uterinas, onde devem encontrar o óvulo liberado pelo folículo dominante. No sêmen ejaculado, existem milhões de espermatozoides, mas muitos não sobrevivem no trajeto e algumas centenas chegam ao óvulo, sendo que apenas um penetra a zona pelúcida (camada externa) e faz a fertilização. O interessante é que esse período é muito curto, pois o óvulo tem apenas 24 horas para ser fertilizado após a ovulação.

Reprodução Humana

Reprodução Humana

Reprodução Humana

O ciclo menstrual é um período em que ocorre o desenvolvimento e liberação de um óvulo maduro para ser fertilizado por um espermatozoide na tuba uterina, enquanto o endométrio (camada mais interna do útero) é preparado pelos hormônios produzidos nos ovários, para receber e nutrir o embrião formado após a fecundação. Os hormônios liberados pelo hipotálamo (sistema nervoso central), hipófise (glândula próxima ao cérebro) e ovários devem estar em perfeito equilíbrio para ocorrer a gravidez.

O início do ciclo menstrual é marcado pela menstruação. É comum a mulher notar um sangramento escuro, em “borra de café”, no primeiro dia e, logo em seguida, o fluxo mais intenso. O sangramento pode durar até 7 dias e o volume não passa de 80 mL. O intervalo do ciclo é de 25 a 35 dias. Se você tem alterações nesses valores, é interessante investigar com seu ginecologista se há algum distúrbio para ser tratado, como adenomiose, pólipo endometrial ou mioma.

 Sabemos que o ciclo menstrual regular é fundamental para a concepção natural. Mas afinal, como ele funciona?

O ciclo menstrual é um período em que ocorre o desenvolvimento e liberação de um óvulo maduro para ser fertilizado por um espermatozoide na tuba uterina, enquanto o endométrio (camada mais interna do útero) é preparado pelos hormônios produzidos nos ovários, para receber e nutrir o embrião formado após a fecundação. Os hormônios liberados pelo hipotálamo (sistema nervoso central), hipófise (glândula próxima ao cérebro) e ovários devem estar em perfeito equilíbrio para ocorrer a gravidez.

O início do ciclo menstrual é marcado pela menstruação. É comum a mulher notar um sangramento escuro, em “borra de café”, no primeiro dia e, logo em seguida, o fluxo mais intenso. O sangramento pode durar até 7 dias e o volume não passa de 80 mL. O intervalo do ciclo é de 25 a 35 dias. Se você tem alterações nesses valores, é interessante investigar com seu ginecologista se há algum distúrbio para ser tratado, como adenomiose, pólipo endometrial ou mioma.

Materia2

Materia2

TextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTexto

Materia1

Materia1

TextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTextoTexto